We were meant to be
supposed to be
But we lost it
theme feito por im-mutable; detalhes por noheartgirl e base por deslocado; não copie e nem se inspire.

sixfeet-fromtheedge:

Sonhei com você essa noite. Como se tudo fosse lindo, se tudo fosse amor, e se tudo fosse suficiente. Sonhei com como costumávamos ser, algum tempo atrás. Foi um sonho bom. Mas por algum motivo, de repente você se afastava de mim, com uma rapidez enorme, eu só podia ver o seu vulto, se afastando cada vez mais, e na medida com que se afastava, ia escurecendo tudo a minha volta, até que eu me vi num vácuo imenso, e barulhento. Acordei no meio da noite, interrompendo o sonho, meu coração disparado, e meus olhos cheios de lágrimas. Aquele flash rápido de como você foi se afastando de mim, e como tudo se tornou sombrio e solitário longe de ti, havia mexido comigo profundamente. Como pegar uma faca e estraçalhar uma ferida que ainda não terminara de cicatrizar, a imagem de você veio para revirar todas as memórias suas, que eu lutara tanto para enterrar. Comecei a lembrar de tudo que já passamos juntos, dos bons, dos maus momentos. Lembrei de todos os tempos difíceis que passamos juntos mas que você diz que ficaria tudo bem, porque tínhamos um ao outro. Lembrei de tudo isso. Eram quase quatro horas da manhã, eu me peguei agarrada num travesseiro, que estava encharcado com minhas lágrimas cheias de nostalgia e dor. Eu sentia sua falta, mas sabia que se voltasse atrás, corresse para seus braços e lhe dissesse que ainda não te esqueci, você iria me abrigar nos seus braços, me encher de esperanças e depois ir embora, aos poucos. E em questão de pouco tempo, eu me veria na mesma situação atual. Então eu não faria, eu sentia sua falta, mas eu iria superar isso. Levantei, lavei o rosto, vesti uma roupa e sai para caminhar. Eu estava disposta a andar até aquilo passar. Então fui. Em questão de poucos minutos e me vi correndo e chorando pela cidade escura. Enquanto muito dormiam tranquilos em suas cama, eu deixava um pouco da minha dor, em cada esquina dessas que eu passei. Eu vagava sem direção, e aos poucos o cansaço se tornou maior que a dor, e resolvi voltar. Ao chegar em casa, tomei um banho quente, e voltei a deitar. Já passavam das oito horas da manhã. Eu prometi para mim mesma que não voltaria a pensar em você. E adormeci (…) Já era o fim da tarde de domingo, quando finalmente abri meus olhos, o dia estava nublado e frio. Já se passaram seis meses desde que pensei em você pela última vez. Procurei me manter ocupada, de modo que não me sobrasse tempo para pensar em bobeira, você. O tempo passou, e agora você apareceu, como quem se arrependeu, e quis voltar atrás. Mas isso não me abalou de modo algum, simplesmente me neguei a ouvir suas desculpas esfarrapadas e fui embora. É uma sensação boa. Sentir-se livre de tudo aquilo que me perseguiu durante muito tempo. É como um alivio. Agora eu posso descansar. (sixfeet-p)


Posted 2 years ago